Shiba Inu (SHIB)

Última atualização:


O que é Shiba Inu (SHIB)?

O Shiba Inu foi uma das sensações de 2021 entre as memecoins. O SHIB surgiu na metade de 2021, na onda do Dogecoin. Embora tenha sido criado em agosto de 2020, foi em meados de 2021, durante o auge dos memecoins, que o Shib alcançou um pico de valor e popularidade. Com o nome da raça de cachorro à qual o meme doge faz referência, o objetivo do Shiba Inu era se destacar no mundo dos memecoins ao oferecer utilidade e marca. A fama do Shiba Inu veio com a ascensão e queda meteóricas do Dogecoin, que levou milhões de pessoas a procurar o próximo grande memecoin para conseguir retornos gigantes. 

 

O que o torna único?

  • Quantidade fixa de 1 quatrilhão de tokens cunhados no lançamento.

  • Lançou a ShibaSwap em julho de 2021, uma plataforma de exchange descentralizada (DEX) que oferece pools de liquidez, staking, troca de tokens, votação de governança e um futuro mercado NFT.

  • Em 2021, teve uma valorização vertiginosa, com retornos de até 50.000.000%.

  • No que alguns chamam de “o maior trade único de todos os tempos”, um trader anônimo comprou cerca de 8 mil dólares em SHIB em agosto de 2020 e, 400 dias depois, esse aporte valia 5,7 bilhões de dólares.

 

Finalidade

O futuro dos memecoins é alvo de muita especulação, mas o Shiba Inu se diferencia por oferecer aspectos funcionais. A ShibaSwap é uma DEX funcional, com tokens nativos próprios (BONE) e (LEASH) que permitem desbloquear algumas ferramentas financeiras interessantes. Além disso, o SHIB é um token ERC-20, ou seja, herda a segurança do Ethereum. É uma grande diferença em relação ao Dogecoin, que conta com a própria equipe de desenvolvimento para manter os recursos de segurança. O Shiba Inu foi criado com o objetivo de ser 100% administrado pela comunidade. Por isso, a comunidade do Shiba Inu é parte da razão pela qual as pessoas adoram esse memecoin. Conquistou muitos apoiadores, que se autodenominam o “Exército SHIB”. A empolgação não acabou: o número de endereços únicos com SHIB ultrapassou um milhão de titulares.

 

Fontes de conhecimento


Este artigo ajudou você?